NÉLE AZEVEDO




© AZEVEDO, NELE / AUTVIS, 2017
Minimum-Monument-São-Paulo-Brazil

 


Arte abaixo de zero


Figuras de gelo criadas por Néle Azevedo artista filiada à AUTVIS fazem sucesso em diferentes países.



Enquanto as pessoas caminham pela rua, pequenas esculturas de gelo que recriam o formato de homens e mulheres anônimos derretem sobre alguns dos principais pontos turísticos da cidade. Ao se desfazerem em pequenas poças d’água, as figuras produzidas por Néle Azevedo provam que a arte não precisa ser imponente ou permanente para passar belas mensagens.

 

© AZEVEDO, NELE / AUTVIS, 2017
Minimum-Monument-Malecon-Havana-Cuba

 



As obras criadas pela artista, que buscam retratar toda a insatisfação da população em relação ao cenário político, já passaram por países como França, Inglaterra, Alemanha, Noruega, Chile e Itália. Quando são expostas em intervenções realizadas em locais abertos, as pequenas figuras derretem em cerca de 35 minutos.


© AZEVEDO, NELE / AUTVIS, 2017
Minimum-Monument-in-Gendarmenmarkt-Berlin

 

 

Durante a mostra “Monumento Mínimo: Arte com Emergência”, realizada em janeiro deste ano na Oficina Cultural Oswald de Andrade, em São Paulo, as estátuas congeladas ficaram armazenadas em refrigeradores e, mesmo assim, acabaram se desfazendo. “O sistema de refrigeração tira a água do gelo e vai formatando, delineado, as esculturas, como acontece na rua, só que não deixa vestígios”, explicou a artista em uma entrevista concedida à Agência Brasil.


A ideia de criar um “anti-monumento”, que se desfaz com o tempo, surgiu enquanto Néle fazia sua tese de mestrado na Universidade Estadual Paulista (Unesp). A profissional também inovou em relação ao tamanho, já que, normalmente, os monumentos são grandes e imponentes – suas figuras de gelo têm aproximadamente 20 centímetros de altura.
 



© AZEVEDO, NELE / AUTVIS, 2017
Campinas-nov.2001-soccer-stadium

 

O conceito adotado por Néle é tão profundo que a profissional foi chamada para prestar uma homenagem artística ao centenário da tragédia do Titanic. A intervenção urbana foi realizada em Belfast, na Irlanda do Norte, local onde a embarcação foi produzida e que abriga um museu dedicado ao tema. Em 21 de outubro de 2012, a praça Custom House Square recebeu 1.517 estátuas de gelo, que representavam o número exato de passageiros mortos no naufrágio.

 


A artista explica que recorreu aos serviços da AUTVIS para receber auxílio em relação aos direitos autorais de seus trabalhos. A associação já licenciou e continua licenciando suas obras tanto no Brasil como no exterior.
 

 

PARA REPRODUZIR OBRAS DA ARTISTA, ENTRE EM CONTATO CONOSCO.

 

VEJA MAIS DE SUAS OBRAS AQUI NA GALERIA DA AUTVIS .

 

© AZEVEDO, NELE / AUTVIS, 2017
Minimum-Monument-Belfast

 

 

Saiba mais sobre o DIREITO DE SEQUÊNCIA.


autor: Beatriz Vaccari - Agência Entre Aspas - -

Outras Novidades

09-06-2009 - Mostra reúne fotografias feitas por cegos
Veja Mais


04-02-2010 - Artista faz telas com material velho de computador
Veja Mais


13-12-2012 - Ajude a dar lar a quem precisa
Veja Mais


10-07-2009 - Irmãos artistas habitam "casa às avessas" no Centro do Rio
Veja Mais


22-09-2009 - Vik Muniz reúne 1.200 para foto de campanha contra a Aids
Veja Mais