SONIA MENNA BARRETO




© MENNA BARRETO, SÔNIA / AUTVIS, 2017
Enxuta


 

A artista plástica SÔNIA MENNA BARRETO, filiada da AUTVIS dá mais um passo importante em sua carreira artística. A CASA Sônia Menna Barreto, abre suas as portas a partir de 4 de novembro, promete exibir pinturas e esculturas de bronze e cerâmica produzidas pela profissional. Localizado em Bebedouro, no interior de São Paulo, o instituto também terá uma sala das porcelanas, além de uma lojinha de museu.

“Será um organismo vivo e atuante na cidade, com exposições de outros artistas, palestras e atividades voltadas para escolas. Essas últimas serão realizadas no meu atelier, que fica dentro da Casa Sônia Menna Barreto. A ideia é essa: fomentar na cidade e na região o gosto pela arte, promovendo ao mesmo tempo a saúde e educação. Tudo isso sem esquecer a inclusão social e o grande interesse dos fundadores e o meu próprio”, conta Sônia.

 

© MENNA BARRETO, SÔNIA / AUTVIS, 2017
Lá vem o trem.

 


Recentemente, a artista foi nomeada como EMBAIXADORA DA AUTVIS.

Além de representar a associação para os artistas, ela atua fortemente na defesa dos direitos autorais, apoiando campanhas como a da CISAC (Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores) em relação ao Direito de Sequência.

“Cada vez que fico sabendo de casos de artistas que vivem praticamente do Direito de Sequência, vejo a enorme abrangência e importância desta lei. Além da questão financeira (poucos artistas no Brasil vivem dignamente e inteiramente de seu trabalho), muitos só fazem obras únicas, e é justo ter um percentual cada vez que uma delas é revendida”, afirma a profissional.   “Sei que a aceitação não é tão fácil pelas outras partes envolvidas. Com o apoio da AUTVIS, essa barreira está sendo derrubada e os artistas beneficiados, como é um dever de fato e de lei”, completa.
 

Saiba mais sobre o DIREITO DE SEQUÊNCIA.

 

DO BRASIL À FALERIA DA FAMÍLIA REAL BRITÂNICA.

Nascida em São Paulo, Sônia iniciou sua vida artísticas com visitas ao ateliê de Luiz Portinari, irmão de Cândido Portinari. Depois de ter contato com obras de Max Ernst, De Chirico e Magritte, a profissional seguiu para a direção do surrealismo.
Ao longo de sua trajetória, a artista produziu uma série de trabalhos marcantes.

A série “Cartas de Baralho”, por exemplo, apresenta imagens produzidas com óleo sobre linho. Cada uma delas mostra reis, rainhas e coringas de um baralho. Os casais são representados por figuras icônicas, como Luis XVI e Marie Antoinette, Andy Warhol, Marilyn Monroe .



Vale destacar que alguns artistas que inspiraram as obras de Sônia, como Candido Portinari, Max Ernst, De Chirico, Magritte e Andy Warhol são representados pela AUTVIS.

 

© MENNA BARRETO, SÔNIA / AUTVIS, 2017
Maria Antonieta

 



Em outubro de 2002, o quadro Leonard Cheshire, pintado por Sônia com óleo sobre linho, passou a fazer parte da ROYAL COLLECTION, coleção de arte da família real britânica. Foi a primeira vez que uma obra brasileira integrou a galeria escolhida a dedo pela realeza.

 

© MENNA BARRETO, SÔNIA / AUTVIS, 2017
Leonard Cheshire

 


“Assim como a CASA SONIA MENNA BARRETO entrar para a ROYAL COLLECTION, da família real britânica, foi resultado de muito trabalho, esforço contínuo e um exercício estoico de perseverança dentro desta área que escolhi para trabalhar!
E para fazer jus ao meu estilo de pintura surreal, poder entregar a obra no Palácio de Buckingham, na mesma sala onde os casamentos, jubileu da rainha e datas importantes da realeza acontecem foi uma honra!”, conta a artista.

 


Para saber mais sobre a carreira e as obras de Sônia Menna Barreto, acesse o site oficial da artista ou a página do Instagram - @soniamennabarreto.

 

 

PARA REPRODUZIR OBRAS DE SÔNIA, ENTRE EM CONTATO CONOSCO.

 

VEJA MAIS DE SEUS TRABALHOS AQUI NA GALERIA DA AUTVIS .


 

© MENNA BARRETO, SÔNIA / AUTVIS, 2017

 


CURTA PÁGINA DA AUTVIS DO FACEBOOK

 


autor: Beatriz Vaccari - Agência Entre Aspas -

Outras Novidades

29-05-2009 - Uma nova forma de fotografar.
Veja Mais


10-07-2009 - Irmãos artistas habitam "casa às avessas" no Centro do Rio
Veja Mais


22-09-2010 - 29ª Bienal de Artes terá presença da AUTVIS
Veja Mais


22-04-2013 - As cores da África dão vida às colagens de Thaís Lino
Veja Mais


26-09-2014 - A inquietante e versátil criatividade de Rita Agueira
Veja Mais