News

A geometria na ponta do pincel

 © Ferracioli, Luís Carlos /AUTVIS
Construção 163 (2011)

 


 

 

Na década de 70, o paulistano da Mooca Luiz Carlos Ferracioli tinha 20 e poucos anos. Como muitos jovens da época, ele buscou a expressão artística para dialogar com a cena política do país e do mundo. Apropriando-se e manipulando fotos marcantes da história, fez delas sua matéria prima e produziu obras que se encaixaram em um dos principais movimentos artísticos do século XX, a pop art.

 

Fatos como a Guerra do Vietnã, Guerra de Biafra e o Poder Negro serviram de inspiração para Ferracioli. “Foi tudo muito intuitivo. Comecei a produzir e só depois percebi que existia uma tendência no mundo”, relembra o artista, hoje, aos 63 anos.

 

Autodidata e engajado, Ferracioli sedimentou uma carreira artística sólida. Depois de uma infância regada a clássicos da literatura infantojuvenil mundial como Dom Quixote, a Ilha do Tesouro, Robin Hood, começou a descobrir seu talento para a pintura. Ainda criança, gostava de nadar em rios, pescar e caminhar ao ar livre pelo campo. Tudo isso nutriu a criatividade do futuro pintor.

 

Utilizando a técnica de acrílico sobre tela, o artista, filiado a AUTVIS, desenvolveu sua pintura sob a influência dos cubistas Pablo Picasso, Georges Braque; e dos surrealistas Salvador Dali, Max Ernest e René Magritte. Todos eles também representados pela instituição. “Desde o início, tive uma tendência cubista, mas fui figurativo descritivo por longo tempo. Com a banalização do real por meio da fotografia, meu trabalho foi abstraindo-se para formas geométricas e hoje digo que a pintura é um efeito cromático sem explicações”, define.

 

Embora tenha participado de dezenas de salões e exposições pelo Brasil e por vários países como EUA, Itália, Japão e Inglaterra, Ferracioli é bastante crítico aos espaços formais de arte: “Nunca dei muita importância a salões, pois são tendenciosos e protecionistas a certos grupos”, opina. Ele afirma que sempre procurou produzir seu trabalho independente das estruturas oficiais do meio artístico.

 

Veja outras obras do artista AQUI.

Autor: Linhas Comunicação

REDES SOCIAIS AUTVIS
 

Agenda

São Paulo

Olá Maurício !

18/07 a 15/12/2020 - Centro Cultural FIESP

Saiba Mais