News

Sentimentos dão vida às fotografias de Sheila Oliveira

 © Oliveira, Sheila / AUTVIS
Impermanente III, 2010

 


 

 

Mistura de tons, sombras, efeitos e a dose certa da emoção. Essas são as principais características dos trabalhos da fotógrafa Sheila Oliveira, 42 anos, filiada à AUTVIS. “Minhas artes são registros de minhas pesquisas. Elas carregam essas sensações por representarem momentos de reflexão extremamente íntimos”, afirma. Há 26 anos atuando profissionalmente na área, o primeiro contato com a arte aconteceu no ano de 1987, em um curso livre da Fundação Armando Alvares Prateado – Faap, em São Paulo.

 


Formada pela Fesp em Biblioteconomia e Documentação, Sheila trabalhou durante sete anos na área. “Foi uma ótima experiência para a minha vida. Hoje, percebo que foi esse caminho que me fez construir um olhar diferente sobre as coisas”, diz. O incentivo para mudar de carreira partiu principalmente de seu marido, que é músico. “Sua paixão pela arte foi o que mais me motivou para essa mudança de carreira”, conta.

 

 

Com diversos cursos relacionados à arte e fotografia em seu histórico, Sheila explica que seu trabalho vai além das imagens. “Estudo diversas áreas, como psicologia, espiritualismo e história da arte”, diz. Suas obras estão sempre ligadas a esses temas. “Meus trabalhos autorais partem sempre de algum texto que se transforma em anotações, desenhos e depois viram fotografias próprias”, explica.

 

 

Para o acabamento das imagens, Sheila utiliza alguns efeitos especiais no processo. “Programas de edição de imagens, gravuras, pinturas e desenhos ajudam a construir o meu trabalho”, conta. A inspiração para essas mudanças vem de suas emoções. “A manipulação é o encerramento dos meus sentimentos materializados em imagens”.

 

 

Há quase 11 anos, Sheila resolveu se especializar em imagens gastronômicas. Assim, criou o Empório Fotográfico, estúdio que nasceu da vontade de registrar as formas e as cores dos alimentos. “Cozinhar é alquimia e está muito relacionado com sentimentos”, afirma. A fotógrafa se considera introspectiva e acredita ter encontrado um ótimo nicho de mercado.

 

 

A paixão e dedicação pela sua profissão trouxeram grandes prêmios importantes para a carreira de Sheila. Ela destaca os prêmios Abril de Jornalismo e Capital da Gastronomia e o prêmio aquisição Casa do Olhar, no
39º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, em 2011.

 

 

Para Sheila, filiar-se à AUTVIS é muito importante para todos os artistas e ela destaca que é preciso atenção para não apropriar-se de outras obras inadequadamente, já que a produção de imagem hoje é tão intensa. "Licenciar uma obra, seja ela fotografia, pintura ou um livro, é o caminho de princípios respeitáveis. A AUTVIS está presente para nos auxiliar", diz.


 

Para conhecer outras obras de Sheila Oliveira, clique AQUI.

 

Autor: Linhas Comunicação

REDES SOCIAIS AUTVIS
 

Agenda

São Paulo

Olá Maurício !

18/07 a 15/12/2020 - Centro Cultural FIESP

Saiba Mais