News

Carlos Páez Vilaró

© Foto: El País

 

 


Morreu na manhã desta segunda-feira (24) em Casapueblo, no Uruguai, o artista plástico Carlos Páez Vilaró. Ele tinha 90 anos e, no Brasil, era representado pela AUTVIS. Páez Vilaró viveu sua juventude em Buenos Aires (Argentina), onde começou a desenvolver-se como artista.

 

Ele voltou para o Uruguai na década de 40, interessado pelo candombe. Em 1956, dirigiu o Museu de Arte Moderna de Montevidéu e foi secretário do Centro de Artes Populares do Uruguai. Ligado à comunidade afrouruguaia, durante anos participou de suas festas populares, em particular das Llamadas.

 

Em Punta Ballena construiu a famosa Casapueblo, antiga casa de verão que se transformou em uma cidadela-escultura com museu, galeria de arte e um hotel chamado Hotel Casapueblo, localizado dentro da estrutura.

 

Em suas muitas viagens pelo mundo conheceu Picasso, Salvador Dalí, De Chirico, todos representados pela AUTVIS. Sua vida artística transcendeu a pintura. Vilaró se envolveu com a escultura, arquitetura, cinema e literatura. Em 2003 foi nomeado “cidadão ilustre de Montevidéu”.

 

Segundo uma de suas filhas, Vilaró acordou na manhã de hoje e estava conversando com seu médico quando morreu. O sepultamento será às 11h desta terça-feira (25), no Cemitério do Norte, em Punta Ballena.

 

Nós, da equipe AUTVIS lamentamos muito o falecimento deste grande artista.
 

Autor: Linhas Comunicação

REDES SOCIAIS AUTVIS
 

Agenda

São Paulo

Olá Maurício !

18/07 a 15/12/2020 - Centro Cultural FIESP

Saiba Mais