News

Cliques de um cotidiano histórico

 ©BECKER, Denise/ AUTVIS, 2014
Praia Brava (2011)

 

 

“Resgatar um mundo que não existe mais, mas que em uma determinada época foi extraordinariamente importante.” Este é o olhar que move Denise Becker, fotógrafa, a clicar o universo ao seu redor, focando em paisagens naturais e situações cotidianas.

 

Com uma postura múltipla em relação à arte, que a possibilita se dedicar a escrever textos e elaborar esculturas de materiais reaproveitáveis, a fotógrafa iniciou sua trajetória artística em 1998 com o projeto documental ‘Ostras, Com Prazer um Molusco em Sua Mesa’, conforme ela explica:

 

“Comecei aos 18 anos escrevendo contos infantis e poemas. Parei de escrever quando outras atividades profissionais ocupavam minha mente, o tempo é importante para a criação. Retornei em 1998 com a publicação do livro de ‘Ostras’ e agora, como minhas filhas já estão mais autônomas, estou ocupando mais meu tempo livre principalmente com minhas atividades artísticas”.

 

 


©BECKER, Denise/ AUTVIS
Pinheiral (2014)


 

Natural de Florianópolis-SC, a fotógrafa possui em seu repertório diversas obras onde os elementos do mar, rios e lagos são retratados de modo realista, como na imagem ‘Pinheiral’ (2014). De acordo com Denise essa característica de suas fotos se torna possível devido aos ajustes que ela utiliza para compor as imagens e a paciência em esperar o instante ideal. “A primeira técnica é saber o que clicar e enquadrar. Ter tempo para buscar o momento certo do clique também é imprescindível. Depois do clique, busco apenas ajustar o tamanho da foto e corrigir a exposição e o balanço de branco quando for necessário”, revela.

 

Além de trabalhos fotográficos, em que a ideia de registrar a memória patrimonial se faz bastante presente, como na imagem da histórica ponte ‘Hercílio Luz’ (2013), a artista busca interagir com o público infanto-juvenil por meio de livros documentais, como em: ‘Todas as Cores de Palhoça’ (livro, documental, fotografia) e ‘Olha o Passarinho (livro, infanto-juvenil, fotografia)’.

 

©BECKER, Denise/ AUTVIS, 2014
Ponte Hercílio Luz (2013)

 

 

Entre as principais referências que ela se inspira para desenvolver esses trabalhos encontram-se os contos de Hans Andersen e dos irmãos Grimm “A criança consegue entender com mais facilidade o que oferecemos e é capaz de fazer uso de outras maneiras que não somos capazes de captar. Tenho certeza que com este trabalho, a câmera será um novo brinquedo nas mãos dessas crianças”, afirma Denise.

 

Já na fotografia, a artista destaca as obras de Charlie Waite, Sebastião Salgado, Christian Ziegler e Tom Mangelsen como as mais inspiradoras. Quanto às esculturas, feitas a partir do reaproveitamento de peças de bicicletas usadas, Denise revela que herdou o gosto através da sua família, que sempre concertavam e usavam a bicicleta como meio de transportes por várias décadas.

 

Atualmente a artista possui dois projetos em execução, sendo o primeiro ‘Santa Catarina das Araucárias’, que se concentra em cliques dessas árvores remanescentes no Estado, e o projeto ‘Contestada Ferrovia SP-RS’, com foco em estações de trens abandonadas e sem uso na região em que ocorreu a Guerra do Contestado, no planalto norte de Santa Catarina. Com relação à importância de estar vinculada à AUTVIS a artista é enfática: “A propriedade intelectual é um direito de todo artista e este vínculo é uma segurança quando ao uso de proteção às minhas obras”.

 
 

PARA VER OUTRAS OBRAS DE DENISE, CLIQUE AQUI.

 





 

 

Autor: Linhas Comunicação

REDES SOCIAIS AUTVIS
 

Agenda

São Paulo

Olá Maurício !

18/07 a 15/12/2020 - Centro Cultural FIESP

Saiba Mais