News

SOAL 2015

 

 

O Salão de Outono da América Latina é uma iniciativa da Associação Cultural Salon d’Automne França-Brasil, e conta com a AUTVIS entre seus parceiros.

Neste ano, o evento chega à sua terceira edição, trazendo novos talentos sem restringir tendências ou mesmo correntes artísticas.



Foram escolhidos para integrar a SOAL 2015 os artistas filiados da AUTVIS: Ana Gomes, Carolina Saidenberg, Dircéa Mountfort, Everson Fonseca, Hans Hosse, Paulo Lara, Rubens A.C. Castro, Sonia Valério e Vanda Ramirez.

 


Durante todo o período da mostra, que vai de 7 a 31 de maio, na Galeria Marta Traba, no Memorial da América Latina, os visitantes poderão conhecer de perto os trabalhos de vários artistas brasileiros e internacionais, que foram selecionados pelo júri presidido por Eliana Minillo, co-comissária do SOAL e artista visual filiada da AUTVIS.


Maiores informações sobre a mostra - clique aqui.


Criado em 1903, no subsolo do Petit Palais em Paris, o Salon d’Automne de Paris marcou o século XX lançando as vanguardas que constituíram a arte moderna e contemporânea. Em sua estratégia de internacionalização, o Salon d’Automne decidiu criar, em 2009, um comitê internacional para montar exposições, segundo o modelo do salão parisiense, para divulgar o trabalho de artistas emergentes ou ainda pouco conhecidos.

 

 

Os salões de arte sempre foram uma oportunidade para os artistas, ainda não inseridos no mercado, de mostrarem seu trabalho. Após o sucesso da edição do Salão de Outono da América Latina de 2014, que selecionou 130 artistas de 18 países, a Associação Cultural Brasileira Salon d’Automne França-Brasil aposta cada vez mais na
Promoção do intercâmbio entre artistas para proporcionar a troca de boas práticas interdisciplinares, artísticas e acadêmicas, além da descoberta de novos talentos propriamente dita.

 

A AUTVIS parabeniza todos os artistas selecionados!

 

 

Autor: Linhas Comunicação

REDES SOCIAIS AUTVIS
 

Agenda

São Paulo

Olá Maurício !

18/07 a 15/12/2020 - Centro Cultural FIESP

Saiba Mais