News

Colorido vibrante e sem retoque

©VINHAS, Márcia / AUTVIS, 2015
Orquídea.

 

 

 

Com cores vivas e pinceladas milimétricas, nasce a arte de Márcia Vinhas Fernandes, artista plástica, filiada à AUTVIS. Das junções desses detalhes, que podem parecer displicentes para os olhares menos atentos, surgem movimentos e efeitos tridimensionais que encantam aqueles que buscam entender os conceitos escondidos por trás das obras.

 

Formada pela Escola Panamericana de Arte e Design, a linguagem definida por Márcia como “colorista, geométrica e fractal”, foi sendo construída e aprimorada pela artista através do tempo. Com os anos, passou a dominar a tinta, os movimentos e produzir, com técnicas capazes de “aveludar” as cores, uma espécie de efeito tridimensional nos seus quadros. O resultado é uma explosão de cores que remetem ao impressionismo contemporâneo, quase sempre obtido com pinceladas firmes, movimentos contínuos e um estudo preciso do casamento das cores.

   

©VINHAS, Márcia / AUTVIS, 2015
Série Pinceladas Soltas - Violeta

 

 

Assim, seus quadros são verdadeiras obras de arte “alla prima”, método de pintura direta na tela, como explica a artista. “É uma expressão italiana utilizada para nomear uma técnica, originalmente a óleo, praticada no século XVII. O resultado é atingido após uma única aplicação”, diz. “Neste método o artista trabalha com a rapidez e liberdade. É preciso ter muito cuidado para que a primeira impressão não se perca”, comenta a artista.

 

Márcia Vinhas também mostra sua predileção pela “veladura”, técnica tradicional na qual a tinta é aplicada separadamente, em sucessivas camadas finas e transparentes de pinturas, produzindo tons ricos e com uma luminosidade particular. “A camada fina e transparente, aplicada sobre a pintura seca, modifica sua tonalidade e serve para iluminar, sombrear, obter variações de tons”, explica ela. “Para dar vida a minha arte, uni as técnicas Alla Prima, Veladura, o Impressionismo e a Cor”, define.

 

©VINHAS, Márcia AUTVIS, 2015
Cores e Junções, 2010

 


Arte também em palavras

 

Na última Bienal de São Paulo, Márcia Vinhas publicou o livro "Arte de Ver e Sentir", voltado, como ela mesma define, “para quem quer entender um pouco e se deliciar com as cores, formas e estilos”. A obra faz um paralelo com as épocas históricas dentro e fora do Brasil e reúne as técnicas de alguns pintores.



Este ano, a artista prepara seu segundo livro, uma série sobre História da Arte e Curiosidades, com lançamento previsto para 2017.



Para conhecer mais o trabalho da artista, CLIQUE AQUI.

Autor: Linhas Comunicação

REDES SOCIAIS AUTVIS
 

Agenda

São Paulo

Olá Maurício !

18/07 a 15/12/2020 - Centro Cultural FIESP

Saiba Mais