News

A simples maneira de se ver a vida

O fascínio pela simples forma de retratar os movimentos humanos e suas infinitas possibilidades. Essas são algumas das características do realismo fantástico, estilo que atua o artista plástico Paulo Acencio. Nascido em Juazeiro, na Bahia, ele conta que descobriu essa área por sentir necessidade em mudar. “Eu tive formação clássica, mas após algum tempo vi que precisava de algo novo, que me desse a possibilidade de criar livremente. As primeiras experiências me conduziram ao surrealismo. Na sequência, após a realização de alguns trabalhos, surgiu, de maneira meio tímida, esse estilo que é semelhante à maneira de como eu vejo a vida e está presente até mesmo nos meus sonhos de todas as noites”, explica.

Acencio acredita que o retrato humano é o mais difícil de se desenvolver, porém é um desafio que o fascina. “É justamente esse tema que me move e foi por isso que optei por trabalhar nessa linha. A dificuldade é a ferramenta que nos conduz”, ressalta.

Autor de inúmeros projetos, o artista plástico entregará, em breve, dois trabalhos que considera entre os mais importantes de sua carreira: “Paisagens Históricas” e “A Sagrada Família”. O primeiro foi solicitado pela prefeitura de Ribeirão Pires e é composto por 20 painéis pintados a óleo. A iniciativa tem como objetivo preservar a memória e fomentar a cultura do município. O segundo é encomendado para uma capela em Ibiúna, interior de São Paulo. É composto de três partes, sendo que a lateral esquerda é um anjo segurando o símbolo do Opus Dei (instituição da Igreja Católica, fundada por São Josemaria Escrivã). Já a parte central é uma reprodução da obra "Sagrada Família" e a lateral direita é ilustrada por Josemaria Escrivã.

Filiado a AUTVIS, há cinco anos, Acencio ressalta a tranquilidade que a entidade oferece ao artista na proteção de suas obras. “O simples fato de saber que temos uma representante responsável e respeitável nos dando o suporte que tanto precisamos, faz que nos sintamos seguros no trato de nossos negócios. Trata-se de um mecanismo de defesa de grande importância para a nossa classe”, relata.

Autor: Leonardo Costas

REDES SOCIAIS AUTVIS
 

Agenda

São Paulo

Olá Maurício !

18/07 a 15/12/2020 - Centro Cultural FIESP

Saiba Mais